Convite dos líderes religiosos à participação do Tempo da Criação

Convite dos líderes religiosos à participação do Tempo da Criação

Queridos irmãos e irmãs em Cristo, “Pergunta, pois, aos animais e eles te ensinarão; às aves do céu e elas te instruirão. Fala (aos répteis) da terra, e eles te responderão, e aos peixes do mar, e eles te darão lições. Entre todos esses seres quem não sabe que a mão de Deus fez tudo isso?” (Jó 12:7-9) Um vez por ano, de 1º de setembro a 4 de outubro, os membros da família de Cristo reservam um tempo para aprofundar seu relacionamento com o Criador, com o próximo e toda a criação. Estamos falando do Tempo da Criação, que teve início em 1989 com o primeiro reconhecimento do dia de oração pela criação por parte do Patriarcado Ecumênico de Constantinopla, mas que agora é celebrado por toda a família cristã. Durante o Tempo da Criação, nos unimos para celebrar a boa dádiva da criação e refletir sobre o cuidado que dispensamos a ela. Essa é uma oportunidade preciosa que temos para interromper nossas rotinas diárias a fim de contemplar a teia de vida que nos une. À medida que a crise ambiental se aprofunda, nós cristão somos chamados a dar testemunho de nossa fé, tomando medidas ousadas para preservar a dádiva que partilhamos. Como canta o salmista: “Do Senhor é a terra e tudo o que ela contém, a órbita terrestre e todos os que nela habitam” (Salmo 24:1). Durante o Tempo da Criação, devemos nos perguntar: Será que nossas ações honram ao Senhor como Criador? Existe alguma forma de aprofundar nossa fé, protegendo nossos irmãos e irmãs mais vulneráveis, que sofrem as consequências diretas da degradação ambiental?...